RS on Rails 5ª edição

Sobre

O maior evento de Ruby do Sul

Onde

Auditório do prédio 32, PUCRS, Porto Alegre - RS

Quando

19 de Outubro de 2013

Quanto

R$ 60,00 estudante
R$ 80,00 profissional

GUEST SPEAKERS

Thumb daniel wildt

Daniel Wildt

Daniel Wildt trabalha com empresas e equipes ajudando na adoção de metodologias ágeis e melhoria das técnicas de engenharia de software. Sempre em busca de simplicidade e aprendizado. Ajuda pessoas a se tornarem melhores profissionais, equipes a crescerem através de melhoria contínua e produtos a serem formados. Sou CTO na uMov.me e consultor pela Wildtech.

Thumb fabio

Fabio Mont'Alegre

Fabio Mont'Alegre trabalha com Ruby desde 2006. Já passou por algumas consultorias como Surgeworks e startups como Aupeo e NewsMonitor, hoje é Arquiteto de Soluções do iba, a plataforma de digital publishing da Editora Abril.

Thumb guillermo hess

Guillermo Hess

Guillermo Hess é sócio fundador da ionatec e professor na Universidade Feevale. É responsável pela área de cloud computing na ionatec, tendo conduzido já diversos projetos de migração, para a nuvem, usando especialmente Amazon Web Services (AWS). Ministra cursos na área de cloud computing, com o intuito de fazer com que as pessoas sejam capazes de obter o máximo de benefícios da nuvem, com foco especial em aplicações web e startups.

Thumb 4a849f1aa47e5c99f1aa156337f6c951

Gustavo Dutra

Começou a desenvolver em mIRC Scripting há 7 anos. Depois disso vieram ASP e PHP. Profissionalmente, já trabalhou com PHP, Python, JavaScript e Shell Script. Nos últimos 2 anos, trabalha com Ruby. Atualmente trabalhando na Plataformatec, contribui para a linguagem Elixir e mantém alguns modestos projetos, como o Bang.sh.

Thumb joao

João Britto

Formado pela UFPE e desenvolvedor da Plataformatec desde 2011. Agilista, palpiteiro e, apesar dos 5 anos de experiência com Ruby, é um grande apreciador de outras linguagens e ferramentas coadjuvantes, como shell scripting, expressões regulares e controle de versão.

Thumb johalf

Johalf Farina

Johalf Farina é desenvolvedor Ruby desde 2008, foi sócio fundador da empresa Fande por 4 anos em Porto Alegre, hoje é um dos desenvolvedores por trás da plataforma de distribuição de conteúdo digital iba, produto da Editora Abril.

Thumb 5a90a67fa1a92e6a4b605cfd8da5e375

Lucas Mazza

Desenvolvedor paulista da Plataformatec, trabalhando a 3 anos com Rails e Front end em diversos projetos. Publicou o livro "HTML5 e CSS3: Domine a Web do Futuro" junto da Casa do Código em agosto de 2012 e palestrou em meetups no Brasil e no exterior e na RubyConf Brasil 2013.

PROGRAMAÇÃO

08:00

Auditório Terreo

Credenciamento

08:25

Auditório Terreo

Abertura e introdução

08:30

Auditório Terreo

Thumb daniel wildt

Construa um produto. Quando? Neste final de semana.

Daniel Wildt

Construir produtos é uma excelente forma de testar nossas habilidades. Sendo designer, desenvolvedor, analista de negócio, testador, gestor de um projeto e principalmente, todos papéis são imporantes. Agora, praticar a nossa humildade e o processo de receber feedbacks, de desenvolver clientes, desenvolver nossa comunidade, nossa rede. Nesta palestra quero comentar sobre alguns experimentos que tenho feito, ligados e não ligados diretamente a software, mas lições que tenho aprendido sobre marketing, sobre o mercado, networking, sobre software. Só isso? Não... vou aproveitar é claro para brincar com código ruby! Vamoooo!

08:30

Auditório 5º andar

Thumb lucas neves

Application Growth

Lucas Neves Martins

Esta é uma análise sobre refactorings de arquitetura, processo de desenvolvimento, problemas de integração com serviços de terceiros, implementação de background jobs, métricas, performance e escalabilidade. Ao longo de grandes projetos a gente olha pra trás e vê que faria muitas coisas diferentes, o que separa o bom do regular é a capacidade de mudar sem parar de crescer.

09:30

Auditório Terreo

Thumb 5a90a67fa1a92e6a4b605cfd8da5e375

Contribuindo com projetos OpenSource: a teoria na prática.

Lucas Mazza

A cultura do Open Source é uma das fundações mais importantes da comunidade Ruby, porém nem todo desenvolvedor sabe o caminho das pedras para enviar contribuições para os seus projetos favoritos ou publicar a sua gem para os outros usarem. Nesta palestra quero falar de como você pode participar de projetos Open Source e da importância disso para o seu aprendizado e evolução profissional. Vamos conhecer um pouco dos processos e ferramentas utilizados em diversos projetos da comunidade Ruby e fazer um convite para você contribuir com projetos existentes ou criar os seus.

09:30

Auditório 5º andar

Thumb jean carlo emer

E agora, virei um front-end Rails!?

Jean Carlo Emer

Já sei, você caiu num projeto Rails e não tem ideia de como começar. Views, partials, helpers, Slim, Sass, CoffeeScript e o funcionamento do asset pipeline são pesadelos que acabam com seu sono. Fica tranquilo, fazer o front-end de uma aplicação Rails não é um bicho de sete cabeças. Será que te convenço?

10:30

Auditório Terreo

Thumb gabriel mazeto

Cozinhando com o Chef: Orquestramento de servidores e Dev machines.

Gabriel Mazetto

Como utilizar receitas para manter configuração de servidores, sob controle de versão, replicável, e conseguir escalar para milhões de máquinas em (quase) poucos segundos. Bonus: Como manter as máquinas de desenvolvimento com as aplicações e blibiotecas essenciais sempre instaladas e atualizadas.

10:30

Auditório 5º andar

Thumb marcelo cajueiro

Boas práticas de desenvolvedores eficazes, eficientes e efetivos

Marcelo Cajueiro

Venho trabalhando com liderança de equipe há mais de um ano e nesse tempo, pude perceber quais são as principais atitudes que podem ser realizadas ou melhoradas no desenvolvimento de software. Essa palestra tem o intuito de destacar os débitos (mostrando as soluções) e fortalecer as ações que fazem um desenvolvedor eficaz, eficiente e efetivo.

11:30

Auditório Terreo

Almoço

12:30

Auditório Terreo

Thumb 4a849f1aa47e5c99f1aa156337f6c951

Um time, vários projetos

Gustavo Dutra

Uma empresa é formada por uma única equipe que desenvolve múltiplos projetos e não, múltiplos projetos, cada um com uma equipe. Cada integrante do time tem suas habilidades e especialidades, seus gostos e suas preferências. Juntos, somam-se habilidades e especialidades, gostos e preferências. Nesse talk vou mostrar alguns valores que promovem um ambiente colaborativo, otimizado e agradável de se trabalhar baseado em algumas premissas e práticas simples, porém difíceis de atingir, de forma a reconhecer cada um dos integrantes, independente da área de atuação.

12:30

Auditório 5º andar

Thumb fellix

Backbone.js

Rafael Fellix

Primeiros passos de como você pode usar esse framework javascript e tornar o front-end das suas aplicações Rails muito mais elegantes.

13:30

Auditório Terreo

Thumb gabriel sobrinho

Segurança em aplicações Ruby on Rails

Gabriel Sobrinho

Demonstrarei os principais tipos de ataques em aplicações web e como evita-los em nossas aplicações Ruby on Rails. O próprio framework previne diversas delas mas ainda existem várias brechas no framework e nem todos estão cientes delas.

13:30

Auditório 5º andar

Thumb salizzar

Celluloid: Beyond Sidekiq

Marcelo Correia Pinheiro

Quando ouvimos falar de Celluloid, Sidekiq é a biblioteca que vem à cabeça. Porém, Sidekiq é um dos frutos de Celluloid - assim como Rails é fruto do Ruby. Esta gem possui features que podem ser úteis no dia-a-dia. Nesta palestra darei uma introdução à Celluloid, seu propósito ao implementar o Actor Model em Ruby e exemplos práticos sobre como utilizá-la em suas aplicações Rails.

14:30

Auditório Terreo

Acelerando Sistemas Distribuídos

Fabio Mont'Alegre & Johalf Farina

Nesta palestra vamos falar sobre como otimizamos o tempo de resposta de APIs do iba, uma plataforma distribuída de conteúdo digital. Quando, como e onde usar cache para garantir uma boa performance numa combinação de Varnish, Redis, HTTP cache e CDN.

14:30

Auditório 5º andar

Thumb irio

Desenvolvendo o mínimo com Ruby on Rails

Irio Irineu Musskopf Junior

Uma visão de agilidade e MVP (Minimum Viable Product) no desenvolvimento de projetos usando Rails.

15:30

Auditório Terreo

Coffee break

16:00

Auditório Terreo

Thumb joao

Ruby Além dos Trilhos

João Britto

O Rails ao longo dos últimos anos se tornou uma plataforma bastante sólida e respeitada. E boa parte desse sucesso é atribuido a uma comunidade inovadora, vibrante e bem "opinionada". Como consequência, hoje temos um vasto leque de bibliotecas, padrões de projeto, convenções e boas práticas à nossa mão. Porém, quando não somos criteriosos, todos esses recursos podem facilmente trazer uma grande dor-de-cabeça: o inferno da manutenção. Complexidade desnecessária, alto acoplamento, indireção, todos esses fatores acabam nos atrapalhando quando estamos evoluindo nosso software. Nesta palestra visitaremos alguns exemplos reais desses problemas e aprenderemos como enxergar além para evitá-los, trazendo de volta a tranquilidade ao nosso dia-a-dia de desenvolvimento.

16:00

Auditório 5º andar

Thumb guilherme garnier

Design patterns em Ruby

Guilherme Garnier

Um projeto Rails segue o modelo MVC padrão, que funciona bem para muitos projetos simples. Porém, conforme seu projeto cresce e fica mais complexo, essa arquitetura se mostra muito limitada. Nesta palestra, vou apresentar problemas reais onde essa arquitetura não é suficiente. Serão apresentando alguns design patterns úteis para deixar sua arquitetura mais flexível e mais fácil de testar.

17:00

Auditório Terreo

Thumb guillermo hess

Novos produtos na nuvem

Guillermo Hess

Há uma série de variáveis que tiram o sono dos empreendedores e desenvolvedores quando da criação e lançamento de novos produtos online: qual a infraestrutura necessária para rodar minha aplicação? Quanto essa infra custa? Essa infra escala? Quem eu preciso contratar para gerenciar minha infra? Cloud computing pode ajudar significativamente na resposta a essas perguntas, simplesmente por eliminá-las. Veremos como IaaS e PaaS podem ser utilizados para facilitar a vida dos desenvolvedores e dos empreendedores.

18:00

Auditório Terreo

Encerramento

PATROCÍNIO

ORGANIZAÇÃO

APOIO